sexta-feira, 1 de maio de 2009

DESABAFO

O PANTANAL é simplesmente um espetáculo, essa foi minha quarta viagem pralá, e a segunda vez pra mesma regiao. Estive em PORTO INDIO ( fronteira com a BOLIVIA ), no RIO PARAGUAY, proximo de um POSTO DO EXERCITO BRASILEIRO.

Pescamos peixes como PACUS, PIAUS, PIAUÇUS, TUCUNARÉS, PIRANHAS ( estraga a pescaria pois sao muitas e nao tem predador ), e alguns pokos exemplares de DOURADOS, PINTADOS E CACHARAS.

Vimos muitos jacarés, um veado, pokos papagaios, pokas araras e algumas aves como ARANCUÂ ( que tem um canto exótico ), ANHUMAS, TUIUIU ( antigo JABURU ), GARÇAS, GAVIOES etc.

Naquela regiao tem algumas baias muito grandes e tivemos a felicidade de atravessarmos duas delas - GUAIVA e UBERABA ( sendo que esta baia, nao se consegue visualizar a margem oposta que dizem ter 30 kilometros ).

É com profunda tristeza que verifiquei que a quantidade de peixes grandes está diminuindo a cada ano que passa, causando preocupaçao com a reproduçao das espécies.

A minha opiniao é pra que se proibam a pesca predatória, permitindo tao somente a pesca esportiva ( ou seja - pesque e solte ), por 5 anos, na tentativa de se recompor a quantidade de peixes, e se for preciso que se renove por mais 5 anos, até atingirmos um numero razoavel de peixes no rio. Caso contrario, daqui a poko tempo nao mais teremos peixes no RIO PARAGUAY. Para se ter uma ideia eu contei no PORTO DE CORUMBÁ a existencia de 45 BARCOS HOTEIS ( iguais ao que eu me encontrava ) com capacidade para 12 a 108 passageiros. Calculei entre 800 a 1.000 pessoas por semana pescando só nesta regiao que multiplicado por 20 kg de peixe ( 10 kg + 1 exemplar que geralmente tem 10 kilos ) atinge a quantia de 20.000 kg por semana e 80.000 kg por mes - vou tomar folego - fora os pescadores profissionais que usam redes ( que é proibida ), os ribeirinhos, os moradores da cidade etc etc.

PERDOEM O DESABAFO, MAS O PEIXE VAI SUMIR - SE NAO TOMAREM PROVIDENCIAS !!!
´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´
( PAULO MAC INTYER )

Nenhum comentário: